Purificando nitrato de potássio

Na construção de um foguete amador usamos um combustível composto de nitrato de potássio (KNO3) e sacarose. Porém não conseguimos encontrar nitrato de potássio puro. Por isso pesquisei maneiras de purificar o nitrato encontrado no adubo. O nitrato de potássio é moderadamente solúvel em água, mas conforme a temperatura da água aumenta, aumenta sua solubilidade.

Solubilidade KNO3

O processo para a purificação do nitrato de potássio é muito simples. Para isso vamos precisar de:

  • Adubo rico em nitrato de potássio. Usei um chamado Krista K;
  • Uma panela;
  • Um fogão;
  • Uma colher de pau;
  • Água;
  • Filtro de papel para café;
  • Uma jarra de vidro ou um vidro de conserva.

Instruções:

  • Colocar na panela o adubo e água. A quantidade de água não é importante, desde que seja o suficiente para dissolver todo o adubo;
  • Ligar o fogão e aquecer a água até ferver. Usar a colher para mexer a solução;
  • Assim que a água ferver o adubo estará completamente dissolvido. O fogão poderá ser desligado;
  • Despejar o conteúdo da panela na jarra ou no vidro passando a solução pelo filtro. Isso irá reter algumas impurezas;
  • Deixar a solução descansar.

Cerca de 24 horas depois irão se formar cristais de nitrato de potássio. Se você tiver muita pressa, pode colocar a solução em um congelador para acelerar o processo, mas não deixe a água congelar. Depois que os cristais estiverem formados jogue a água fora. Despeje os cristais em um pote e deixe secar. O resultado será nitrato de potássio praticamente puro!